As Centrais Elétricas Brasileiras S.A. – ELETROBRAS, criada com o foco no desenvolvimento e segurança Nacional, para Gerar, Transmitir, controlar e comandar o suprimento de energia elétrica, necessário para garantir a expansão da Nação brasileira, é base de sustentação do Progresso e Controle do nosso país para o avanço contínuo da Indústria, Comércio, habitação e atendimento geral dos municípios da federação brasileira em todos os Rincões.

Nossa Matriz Energética deve ser melhor discutida, ñ só pelo fantástico potencial hidráulico, eólico e de gás natural, como também, pelo grande potencial atômico, temos a 6^ (sexta) maior reserva de Urânio do mundo, e, pouco utilizamos este potencial em duas Usinas Térmicas Nucleares em operação (Angra 1 e Angra 2) que geram 640 megawatts (MW) e 1.350 MW, respectivamente tendo Angra 3 em fase de construção que irá gerar 1.405 MW. A segunda Usina Termoelétrica Nuclear brasileira, Angra 2, começou sua operação comercial em 2001, esta Usina Nuclear, só ela, é capaz de atender uma cidade de mais de 2 milhões de habitantes. A performance de Angra 2 tem sido exemplar, sua entrada em operação permitiu economizar a água dos reservatórios das usinas hidrelétricas do Brasil, amenizando as consequências e evitando o racionamento em nosso país, considerada a 33^ (trigésima terceira) maior usina nuclear entre 436 Usinas Nucleares em operação no mundo, e neste ano 2001, já ocupava a 21^ (vigésima primeira) posição, comparada com as 50 melhores usinas nucleares Amaricanas, analisadas pelos indicadores de desempenho da Associação de Operadores Nucleares – WANO, portanto, nosso país detém conhecimento suficiente para construir mais Usinas Térmicas Nucleares, para o melhor aproveitamento energético do nosso país.

Os EUA, França, Japão, China e toda a Europa, utilizam a Energia Atômica através da Fissão Nuclear para Gerar Energia elétrica em um processo limpo, seguro, não poluente e muito mais barato q as demais fontes de geração de energia elétrica, exceto as Hidrelétricas. Os EUA são os maiores produtores de Energia elétrica com fissão Nuclear do mundo, de acordo com o Ranking da ONG World Nuclear Power. Por ano os Estados Unidos da América produz em média 798,7 bilhões de kWh de Energia com 104 reatores nucleares existentes em operação. A França é um dos países mais dependentes de Energia Nuclear do mundo, cerca de 78% de toda energia elétrica q consome, vem de fontes radioativas, utilizando 423 bilhões de kWh de Energia por ano, ocupa o 2* lugar no Ranking dos maiores produtores com 58 Reatores nucleares em operação, mais da metade da energia consumida na Bélgica (54%) vem de Usinas Nucleares, portanto, o Brasil precisa focar com os olhos bem abertos para nossa riqueza natural (URÂNIO), que garantirá energia elétrica abundante, segura, firme para o nosso País, e o q é melhor, reduzirá sobremaneira a tarifa de energia elétrica de todo país, reduzindo o gasto e melhorando a economia com o Sistema Interligado Nacional – SIN totalmente interligado, faltando interligar somente o Estado de Roraima, com projeto de interligação com Manaus, já em andamento.
Importante atentarmos também para a importância da Conclusão do Asfaltamento da BR-319, q além de interligação via rodoviária do Amazonas e Roraima ao nosso país, teremos a possibilidade de executar a redundância de Linhas de Transmissão do SIN ao atendimento de Manaus e Boa Vista interligados à Rondônia, garantindo aos Estados do Amazonas e Roraima o maior desenvolvimento da região.

Brasileiros e Brasileiras, nosso país precisa ser melhor discutido na base, na raiz e a ELETROBRAS é parte efetiva e importante dessas discussões, para garantir a produção necessária ao desenvolvimento da Nação, com maior robustez na Economia, e, principalmente reduzindo a tarifa de Energia elétrica em nosso País. Pense Nisso
Brasil acima de tudo e Deus acima de todos.

Jerfferson Sabbá
Bacharel em direito
Especialista em Sistemas Elétricos de Potência.
Membro do Conselho de Administração da Eletrobrás.
Funcionário da Eletrobrás desde 1984.

(Visited 44 times, 1 visits today)

Comente esta matéria

Please enter your comment!
Informe seu nome aqui