Pelo menos 50 pessoas morreram nesta sexta-feira e dezenas ficaram feridas pelo atropelamento de um trem no oeste da Índia, quando milhares de pessoas que participavam de uma festividade religiosa perto de uma passagem de nível não perceberam a chegada do comboio.

“Neste momento sabemos que há mais de 50 mortos (…) e muitos mais feridos”, informou à Agência Efe Lakhbir Singh, delegado adjunto da Polícia de Amritsar, no estado de Punjab, onde por volta das 19h (horário local, 10h30 em Brasília) aconteceu o acidente.

“As vítimas estavam festejando muito perto das vias durante a festividade hindu de Dushera, na qual os devotos queimam imagens do demônio Ravana e soltam fogos”, explicou à Efe um funcionário de alto escalão do Departamento de Ferrovias Zona Norte indiano, que pediu o anonimato.

“Então, algo aconteceu e pessoas começaram a correr pelos trilhos e não perceberam a chegada do trem, o que causou o trágico acidente”, acrescentou a fonte.

As redes de televisão local mostraram imagens de como alguns devotos presenciavam as fogueiras na escuridão perto da passagem de nível quando de repente o trem atravessou o local a grande velocidade.

O chefe do governo do Punjab, Amarinder Singh, recorreu à rede social Twitter para anunciar uma compensação de 500.000 rupias aos familiares dos mortos e atendimento médico gratuito para os feridos.

Na Índia, as tragédias relacionadas com os meios de transporte como trens e ônibus são frequentes.

No dia 10 de outubro, pelo menos seis pessoas morreram e 25 ficaram feridas no descarrilamento de um trem no estado de Uttar Pradesh, enquanto em 18 de agosto 21 pessoas faleceram e outras 203 ficaram feridas nessa mesma região em um acidente parecido.

Fonte: EFE

(Visited 10 times, 1 visits today)

Comente esta matéria

Please enter your comment!
Informe seu nome aqui