Ocorreu no Rio de Janeiro a primeira morte por militar desde o início da intervenção federal no Estado. Um motociclista foi morto por um soldado no sábado, dia 12, ao tentar furar um bloqueio do Exército na Vila Militar, zona oeste do Rio. A reportagem apurou que a vítima, Augusto Ferreira, de 25 anos, tinha passagens pela polícia e a moto teria sido roubada.

A tendência é que o caso seja julgado pela Justiça Militar após lei sancionada pelo presidente Michel Temer, em outubro, que alterou o Código Penal Militar. Este foi o primeiro caso de morte envolvendo militar desde 16 de fevereiro, quando a segurança pública do Rio de Janeiro passou ao comando das Forças Armadas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Estadão Conteúdo

(Visited 15 times, 1 visits today)