Idosa estava em uma bicicleta quando foi atingida por veículo (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Um vereador da cidade de Mara Rosa, a 367 quilômetros de Goiânia, foi preso no fim da tarde desta terça-feira, 8, depois de ter atropelado uma ciclista idosa e fugido do local do acidente.

Elza chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

A vítima, Elza Maria da Luz, de 60 anos, foi socorrida e levada a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo após chegar à unidade.

A Polícia Militar foi até a casa de Luiz Carlos Barcelos (PDT), mais conhecido na região como Batata, depois de relatos de testemunhas que descreveram o carro que ele dirigia, um VW Polo cor preta. O veículo foi encontrado amassado.

Os PMs prenderam o político pouco tempo depois do acidente. Ele foi levado para exame médico e foi constatado estado de embriaguez. O acidente ocorreu por volta das 16 horas de terça, quando a ciclista seguia em sentido contrário ao do carro do vereador, que estaria em alta velocidade.

O delegado de Mara Rosa, Bernardo Comunale, disse que, além de omissão de socorro, o vereador pode ser indiciado por homicídio culposo e embriaguez ao volante. Ele interrogou Barcelos no dia do atropelamento, mas o suspeito preferiu ficar em silêncio.

O parlamentar permanecia detido na Unidade Prisional de Mara Rosa até as 17 horas desta quarta. O advogado do vereador não retornou os contatos da reportagem. O corpo da idosa foi velado em Mara Rosa em clima de comoção.

Estadão Conteúdo/OLM

(Visited 4 times, 1 visits today)