A cerimônia ocorreu no saguão do Palácio do Itamaraty.

Em Brasília para tratar da liberação de recursos importantes para uma série de investimentos no Estado, o governador do Amazonas, professor José Melo, recebeu das mãos do presidente Michel Temer, nesta quinta-feira, 20 de abril, a insígnia da Ordem de Rio Branco no grau Grã-Cruz, mais alta honraria concedida pelo Ministério das Relações Exteriores.

“Este é um momento muito especial porque ao receber tão alta honraria, como governador, também represento o povo do Amazonas, os muitos amazonenses que, como eu, venceram por meio da educação. Além do governador, também está aqui o filho de seringueiro que dentre tantas lutas hoje conduz um Estado equilibrado com as contas ajustadas e tomando as decisões necessárias para nos manter no caminho certo, investindo na geração de emprego, renda e desenvolvimento sustentável. Essa condecoração, esse reconhecimento, é também resultado de tudo isso”, afirmou José Melo.

A agenda do governador em Brasília segue com reuniões na Secretaria do Tesouro Nacional para tratar da liberação de empréstimo junto ao Banco do Brasil. “Com tratativas como esta, alinhando nossos recursos e os do Governo Federal aos empréstimos e financiamentos com os bancos, nós pudemos garantir diversos investimentos para o Amazonas, como por exemplo, nosso pacote de obras de infraestrutura, anunciado esta semana na ordem de R$ 1,6 bilhão”, explicou.

Homenagens – Na ocasião, também receberam a homenagem, em diferentes graus, ministros de Estado, governadores e servidores civis e militares. A solenidade fez parte das comemorações do Dia do Diplomata, celebrado pelo Ministério das Relações Exteriores, que contaram ainda com a cerimônia de formatura da turma 2014-2015 e 2016-2017 do Instituto Rio Branco.

A escolha dos homenageados é feita pelo conselho da Ordem, constituído pela presidente da República, pelo ministro das Relações Exteriores, pelos chefes das Casas Civil e Militar da Presidência da República e pelo secretário-geral do Itamaraty.

Ordem Rio Branco – A Ordem do Rio Branco foi instituída pelo Decreto 51.697, em 5 de fevereiro de 1963, e faz parte das comemorações do Dia do Diplomata. Esse nome foi dado em homenagem ao Barão do Rio Branco, considerado o patrono da diplomacia brasileira.

A honraria é constituída por cinco graus distintos (Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro) e é concedida a cidadãos, corporações e instituições, nacionais e estrangeiras, que se destacam em suas atividades cívicas, serviços prestados ao país ou méritos excepcionais.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Comente esta matéria

Please enter your comment!
Informe seu nome aqui