O governador do Amazonas, José Melo, assegurou a continuidade da parceria estabelecida nos últimos quatro anos entre o Governo do Estado e o Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) que tem possibilitado o atendimento jurídico a toda a população do interior do Amazonas. José Melo esteve presente, acompanhado da primeira-dama Edilene Oliveira, na solenidade de posse da nova presidente do TJ-AM, desembargadora Maria das Graças Pessoa Figueiredo, realizada nesta quinta-feira, dia 3 de julho, no Teatro Amazonas, centro histórico de Manaus.

José Melo lembrou que, com apoio do Governo do Amazonas, foi possível realizar concursos públicos e dotar todas as comarcas do Estado com recursos humanos, garantindo acesso à Justiça. “O nosso Governo tem ajudado muito desde a época do ex-governador Omar, quando destinamos parte dos recursos que tínhamos para ajudar na Justiça. Com isso foram realizados concursos públicos e as comarcas todas foram providas de juízes. Ao mesmo tempo, o Ministério Público fez a mesma coisa e também fizemos com a Defensoria Pública. Isso significa dizer que a Justiça de nosso Estado está presente em todos os municípios”, ressaltou Melo.

O governador garantiu que a parceria continuará com a nova presidência, que é composta pelo desembargador Aristóteles Lima Thury, vice-presidente do Tribunal de Justiça, e o desembargador Flávio Humberto Pascarelli Lopes, empossado corregedor geral de Justiça. “O que eu assegurei à desembargadora Graça é a mesma coisa que fizemos ao desembargador Ari. Asseguramos o ombro amigo, a ajuda amiga do nosso Governo. Afinal de contas, aqueles que se dirigem à Justiça são nossos cidadãos, nosso povo. Portanto, é nosso dever ajudar a Justiça para que ela possa ser mais rápida, mais célere, e assim possa chegar aos mais distantes rincões desse Amazonas”, afirmou Melo.

A desembargadora Graça Figueiredo, que assumiu a presidência do Tribunal no lugar do desembargador Ari Moutinho, disse que pretende buscar melhorias e novos investimentos a fim de dar uma resposta mais rápida ao cidadão. “É preciso conscientizar a sociedade que, se ela quer uma resposta mais rápida da Justiça, é preciso investir mais no Poder Judiciário”, pontuou.

Participação das mulheres 

Ainda durante a posse da nova presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, o governador José Melo destacou a participação efetiva das mulheres em todos os segmentos. Segundo ele, as mulheres se destacam em virtude de valores como família, solidariedade e amor. “As mulheres têm pendores muito mais aprimorados que os homens. Elas cultuam os valores da família, do amor, da solidariedade. Qualquer que seja o segmento da sociedade, elas têm participado de forma efetiva”, enfatizou.

Além do governador e da primeira-dama, estiveram presentes na sessão solene o prefeito de Manaus, Arthur Neto, o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas, deputado estadual Josué Neto, entre outras autoridades do Executivo, Legislativo e Judiciário.

Destaque

Formada pela Faculdade de Direito do Amazonas, Graça Figueiredo teve seu primeiro contato com o Tribunal de Justiça por meio de concurso público realizado em 1979. Atuou nas varas criminais e cíveis de Manaus, sendo a primeira mulher a ser juíza do Tribunal do Júri na comarca de Manaus.

Desembargadora desde 2004, Graça Figueiredo foi eleita em abril deste ano e ficará à frente do cargo até 2016. Ela venceu a eleição com sete indicações, tornando-se a segunda mulher a presidir o TJ-AM.

 

Fotos: Alex Pazuello/Agecom

(Visited 12 times, 1 visits today)

Comente esta matéria

Please enter your comment!
Informe seu nome aqui