Hoje, 22 de novembro de 2013, completa 50 anos do assassinato do então Presidente Norte Americano John Fitzgerald Kennedy ocorrida em Dallas, Texas em 22 de novembro de 1963. 
Já publicamos neste Portal duas matérias sobre o discurso do Padre Godinho. A primeira tem como título “LP – Achado no Tempo”, a qual informa que o ilustre colaborador Luis Ribeiro da Costa, tinha disponibilizou um material inédito relativo ao pronunciamento, emocionado e emocionante, do então Deputado Federal Padre Godinho, na Câmara Federal, Brasília, em sessão solene de 26/11/1963, por ocasião do assassinato do ex-Presidente dos Estados Unidos John Fitzgerald Kennedy. A segunda, intitulada Discurso do Padre Godinho – Assassinato de John Kennedy, foi a publicação da transcrição e de um fato curioso sobre a vida de Godinho.  O LP de vinil intitulado “Adeus Kennedy – a vida do Homem, o apostolado de um Líder, um sacrifício do Herói”, foi recolhido pela Ditadura Militar, após a cassação do Padre Político e, destruído pelas agruras dos que não suportavam a democracia; não reconheciam a liberdade de expressão inerente a uma sociedade democrática e justa.
O exemplar, guardado a “sete chaves” por Luis Costa, foi gentilmente cedido ao Portal, que, na presente matéria, cumpre seu papel e resgata a garantia ao direito à informação e liberdade de expressão. O LP foi primeiramente copiado para um CD, depois foi degravado, corrigido, editado, inserido em um site de vídeos e, por fim, publicado neste Portal, sendo assim resgatada uma parte da história do Congresso Nacional. Agradecemos à Luis Costa pelo desprendimento com que nos cedeu a maravilhosa relíquia, a servidora da Câmara Municipal de Manaus que degravou o discurso (não permitiu a citação do seu nome), a Djavan, responsável pela correção da digitação e Rogério Barboza que fez a edição do vídeo.
A versão oficial foi questionada desde o princípio e o próprio Oswald negou sua participação enquanto ainda vivia e disse, ele teria sido colocado no local do crime para servir como bode expiatório. Na foto seguinte podemos ver Oswald na entrada do Book Depository e como ele observa a carreata. Como ele pode estar simultaneamente no 5º andar e atirar?
Oswald na entrada do Book Depository
Muitas testemunhas que vivenciaram o atentado disseram que os tiros vieram do lado direito e também da frente. Dois deles simultaneamente. Peritos independentes partem do princípio que três atiradores estavam envolvidos, os quais atiraram de três lados e os depoimentos das testemunhas estariam corretos. Oswald não pode ter sido o único envolvido. Foi um atentado executado por profissionais.

De fato a filmagem do famoso filme Zapruda mostra o presidente sendo atingido pela frente, pois sua testa explode e a cabeça e seu corpo são jogados para trás com o impacto. Por isso é que a versão oficial não pode estar correta. Não foi Oswald, mas sim um comando de assassinos que colocaram o presidente em fogo cruzado.

Cenas do assassinato

O Comitê da Câmara sobre Assassinatos descobriu em 1979 que talvez tenha havido uma conspiração em torno do acontecido. Este tópico foi debatido e há muitas teorias sobre o assassinato, visto que o crime foi um momento importante na história dos Estados Unidos devido ao seu impacto traumático na psique da nação.

Segue o vídeo com o discurso do Deputado Padre Antônio de Oliveira Godinhona Câmara Federal, Brasília, Sessão Solene do dia 26/11/1963. Tenha paciência, pois demora alguns segundo para abrir, logo abaixo: 



*O vídeo não pôde ser postado no youtube em razão de ter mais de dez minutos, por isso, utilizamos o site vimeo, que aceitou a postagem.

Luis Ribeiro da Costa, meu tio, nasceu em Manaus, foi telegrafista do ex-DCT e chefe do Tráfego Telegráfico, radioamador (PP8JL) e, em razão de sua notória capacidade funcional, foi convidado pelo então Governador Gilberto Mestrinho para assessorá-lo em seu primeiro governo, estando no gabinete governamental do Amazonas, na qualidade de Secretário de Estado, por mais de 20 anos. Foram os três mandatos de Gilberto Mestrinho, os governos de Henoch ReisJosé Lindoso e o primeiro de Amazonino Mendes. Assessorou, por último, o então Senador Gilberto Mestrinho em Brasília. A leitura é seu principal “hobby”, a qual se tornou o alicerce para a publicação de obra magnífica denominada “Leia Comigo”, que terá a  nova publicação em alguns dias. 

(Visited 89 times, 1 visits today)

Comente esta matéria

Please enter your comment!
Informe seu nome aqui